Cândido Moreira, presidente da Associação Nacional de Freguesias (Anafre) e autarca em Padronelo, Amarante, morreu esta noite vítima de doença prolongada, disse à Lusa o presidente dos Autarcas Socialistas, José Luís Carneiro.

Cândido Moreira, de 59 anos, professor, estava internado numa unidade hospitalar de Vila Nova de Gaia.

O presidente da Junta de Padronelo, do PS, liderava a Anafre desde 2 de fevereiro, quando foi eleito para o cargo com 94% dos votos.

Em setembro de 2013 foi eleito presidente da Junta de Padronelo, após vários anos como presidente da assembleia de freguesia daquela autarquia de Amarante.

O funeral de Cândido Moreira vai realizar-se no sábado, às 17:00, a partir da igreja de Padronelo, Amarante, localidade onde era presidente da junta.

Em comunicado, a Anafre refere que, com morte do seu presidente, «fica uma vida dedicada à causa pública e, em particular, às freguesias, às quais dedicou 32 anos do seu combate político».

No mandato anterior, o autarca foi vice-presidente daquela associação.

Ao longo de vários mandatos, Cândido Moreira também se evidenciou como deputado municipal em Amarante, na bancada socialista, para além de ter desempenhado o cargo de presidente da Assembleia de Freguesia de Padronelo.

O autarca foi docente em Amarante e tinha um mestrado em Ciências da Educação, pela Universidade Portucalense.