Pode ser um Natal mas conturbado que o inicialmente previsto nos aeroportos portugueses, devido à greve anunciada dos empresas de segurança. Se tem voo previsto para 24 e 25 de dezembro, o melhor mesmo é chegar muito cedo.

Em comunicado a ANA Aeroportos de Portugal informa todos os passageiros que, em virtude da greve anunciada para as empresas de segurança, e do elevado incremento de tráfego registado nos últimos meses, "é previsível que os procedimentos de controlo de segurança nos aeroportos nacionais sejam mais demorados durante os próximos dias 24 e 25 de dezembro."

Por essa razão a empresas que gere, por exemplo, o aeroporto de Lisboa, "recomenda aos passageiros que, durante os dias abrangidos pelos pré-avisos de greve, se apresentem no aeroporto respetivo com maior antecedência e sigam as instruções transmitidas pela sua companhia aérea, operador turístico ou agência de viagens."

E acrescenta "sugere-se, igualmente, que os passageiros procedam ao despacho de bagagem no check-in, para reduzir o número de peças a rastrear no controlo de bagagem de mão."

A ANA lamenta os possíveis constrangimentos causados aos passageiros, "indo desenvolver todos os esforços no sentido de minimizar os impactos que a greve possa causar."