Uma equipa de quatro mergulhadores juntou-se às buscas para encontrar o homem que desapareceu na quarta-feira na zona de Palhais, Barreiro, quando apanhava amêijoas no rio Tejo, disse à Lusa o comandante da capitania do porto de Lisboa e da Polícia Marítima, Malaquias Domingues.

O indivíduo, de 50 anos, aproveitava a maré baixa para apanhar amêijoas, suspeitando-se de que terá sido “apanhado pela subida repentina da água”.

As buscas para encontrar o homem desaparecido recomeçaram esta quinta-feira pelas 07:00, “aos primeiros alvores”, com agentes a patrulhar a zona em terra e uma lancha da Polícia Marítima, bem como outra do Instituto dos Socorros a Náufragos, na zona do rio em Palhais, Barreiro.

O alerta para o desaparecimento foi dado por um outro homem, que também se encontrava no local a apanhar amêijoas cerca das 12:10.