O Índice do Desenvolvimento Sustentável da Fundação Bertelsmann coloca Portugal entre os cinco países com melhor desempenho na luta contra as alterações climáticas, informou o Ministério do Ambiente esta segunda-feira.

"Portugal é novamente reconhecido internacionalmente pelo seu desempenho no combate às alterações climáticas e na sustentabilidade energética", salienta um comunicado do organismo liderado por Jorge Moreira da Silva.

De acordo com o Índice do Desenvolvimento Sustentável da Fundação Bertelsmann, citado pelo Ministério, "Portugal está no top 5 dos países com melhor desempenho no que respeita ao combate às alterações climáticas, sendo 4.º nas emissões de CO2 [dióxido de carbono] associadas à produção de energia e na sustentabilidade energética, 5.º em termos de intensidade de energia primária e de eficiência energética".

Para Jorge Moreira da Silva, igualmente citado na informação, "o reconhecimento do desempenho de Portugal neste índice da Fundação Bertelsmann vem confirmar que as reformas realizadas estão a dar resultados positivos".

O ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia lista alguns pontos que terão levado à situação agora realçada pela fundação alemã, como o corte de 4.000 milhões de euros nas rendas excessivas no setor energético e a fatia de 62% de energias renováveis na eletricidade, quando em 2011 pesava 45%.

O governante recorda ainda que em 2013 e 2014 Portugal foi considerado "o 4.º país com melhor desempenho em matéria de ação climática, numa lista de 58 países que no total são responsáveis por mais de 90% das emissões de gases com efeito de estufa, de acordo com o Climate Change Performance Index".