A Universidade do Porto (UP) recebeu hoje cerca de 1.200 estudantes de 91 países, ao abrigo de programas internacionais de mobilidade, mas até ao final do ano letivo são esperados 4.000.

Os alunos estrangeiros vão cumprir, pelo menos, um semestre de estudos nas 14 faculdades da UP e representam já 13% da comunidade escolar.

«Este ano, recebemos mais cerca de 500 alunos do que em 2013/2014, sendo a universidade portuguesa com mais estrangeiros», referiu a vice-reitora da UP, Maria de Fátima Marinho.

Segundo a responsável, a escolha dos estudantes pelo Porto prende-se com o facto de a universidade estar «bem qualificada internacionalmente».

«A Universidade do Porto é sempre a primeira em todos os rankings internacionais ao nível nacional e consegue situar-se nas primeiras 100 da Europa e nas 300 do mundo», disse.

Maria de Fátima Marinho lembrou ainda que a UP é a terceira a nível europeu que coordena mais projetos internacionais.

«Isto é muito bom e prestigiante para Portugal, por esse motivo, há cada vez mais estudantes a vir para cá estudar», considerou.

Na UP, os cursos mais procurados pelos alunos internacionais são Letras, Engenharia, Medicina, Arquitetura e Ciências.

Quanto aos países, o Brasil continua a ser o mais representado (339), seguido de Espanha (167), Itália (120), Polónia (60), Alemanha (55) e França (39), como apurou a Lusa.