Um dos feridos no acidente ocorrido no domingo na Autoestrada do sul (A2), que foi transportado para o hospital de Portimão, já teve alta, disse à Lusa uma fonte do Centro Hospitalar do Algarve. Segundo a fonte hospitalar, o homem de 73 anos teve alta no domingo à noite.

Os dois rapazes, de 12 e 14 anos, que também foram transportados para o Hospital de Portimão, “ainda se mantêm na urgência pediátrica, por uma questão de precaução, e, em princípio, terão alta durante o dia de hoje”, informou a mesma fonte.

Por sua vez, a mulher que sofreu ferimentos grave está “clinicamente estável”, disse hoje à agência Lusa uma fonte do Centro Hospitalar Lisboa Central (CHLC).

Continua internada, mas está clinicamente estável”, disse a fonte hospitalar, não adiantando mais pormenores sobre o estado de saúde da vítima, que foi transportada, no domingo, de helicóptero para o Hospital São José, em Lisboa.

As vítimas seguiam num veículo ligeiro de passageiros que se despistou no domingo ao quilómetro 197 da A2, no sentido sul-norte, na zona do nó de Gomes Aires, no concelho de Almodôvar, distrito de Beja.

No acidente morreu uma pessoa e quatro ficaram feridas, duas das quais em estado grave.

Três feridos foram transportados para o Hospital de Portimão e um para o Hospital de S. José, em Lisboa.

A agência Lusa contactou o Hospital de São José para saber o estado de saúde da vítima, mas ainda não foi possível obter resposta.

Os bombeiros receberam o alerta para o acidente às 16:39 de domingo e o socorro às vítimas mobilizou meios do INEM, dos bombeiros, da GNR e da Brisa, num total de 29 operacionais, auxiliados por 13 viaturas.