O suspeito de balear duas mulheres, esta quarta-feira de manhã, numa pastelaria no Pinhão, em Alijó, já chegou a tribunal, onde é ouvido esta quinta-feira à tarde. 

Uma das jovens teve morte imediata e a outra, que seria namorada do suspeito, permanece internada e com prognóstico muito reservado. A mulher foi atingida com duas balas, uma na cabeça e outra na zona da cervical, e deu entrada no hospital de Santo António em coma profundo, encontrando-se internada na unidade de cuidados intensivos.

Namorada do suspeito dos disparos está internada em coma e com prognóstico muito reservado

Prima da vítima morreu ainda no local

O homem entrou na quarta-feira de manhã na pastelaria do centro do Pinhão, onde a mulher trabalhava, e disparou contra ela e uma prima. O suspeito pôs-se em fuga e entregou-se uma hora e meia mais tarde na esquadra da PSP de Vila Real, tendo sido posteriormente detido pela Policia Judiciária.

Esta quinta-feira, à chegada ao tribunal, o suspeito era esperado por muitos populares. À porta do tribunal estava também montado um grande aparato policial.