Uma mulher de 81 anos sofreu hoje traumatismos graves à passagem de um comboio em Alhos Vedros, mas não se sabe se foi colhida pela composição ferroviária ou se caiu devido à deslocação do vento, informaram os bombeiros.

A vítima, que sofreu ferimentos graves, foi assistida no local pelos bombeiros da Moita e por uma equipa de emergência médica, seguindo depois para o Hospital do Barreiro.

Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, o acidente ocorreu pouco depois das 10:00, no lugar da Lagoa da Pega, em Alhos Vedros, no concelho da Moita.

De acordo com bombeiros da Moita, que se deslocaram ao local, algumas testemunhas dizem que a mulher terá caído devido à deslocação de vento provocada pela composição ferroviária, mas outras testemunhas garantiram que a vítima foi mesmo atingida pelo comboio de passageiros, que circulava no sentido Setúbal/Barreiro.

A circulação ferroviária na linha do sul esteve condicionada durante algum tempo, mas às 14:00 já tinha sido restabelecida.