A Polícia Judiciária anunciou a detenção de dois homens e uma mulher por suspeita de tráfico internacional de estupefacientes, que tinham na sua posse 55.600 gramas de haxixe.

Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) adianta que a detenção foi feita através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, no âmbito de uma operação na região do Algarve, que envolveu várias buscas.

Na sequência das buscas, a PJ «identificou e deteve dois homens e uma mulher por se encontrarem na posse de cinquenta e cinco mil e seiscentos (55.600) gramas de haxixe, dispersos por diversas habitações que a organização vinha utilizando para guardar produto estupefaciente».

De acordo com a informação da polícia de investigação criminal, os detidos têm 31, 40 e 42 anos de idade, foram já presentes a primeiro interrogatório judicial e ficaram em prisão preventiva.

«A investigação, que durava já há vários meses, insere-se num quadro mais vasto de identificação, combate e desmantelamento de redes criminosas organizadas oriundas de Marrocos que nos últimos anos se têm instalado no Sul de Portugal, controlando boa parte da distribuição e abastecimento de haxixe em território nacional», acrescenta a PJ.