A GNR deteve esta segunda-feira quatro homens por suspeita da autoria de furtos em residências em Ferreira do Alentejo, Beja, e apreendeu várias armas proibidas e canábis, disse à agência Lusa fonte daquela força de segurança.

De acordo com a mesma fonte, os quatro homens, com idades entre os 22 e 52 anos, são suspeitos de ameaças e da prática de vários crimes de furto em residências na zona de Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, ficando à custódia da GNR até serem presentes a tribunal para aplicação de eventuais medidas de coação.

No âmbito desta operação policial, os militares da GNR realizaram esta segunda-feira de manhã três buscas domiciliárias na vila de Ferreira do Alentejo, tendo apreendido, além de 75 sementes de canábis, várias armas proibidas.

Entre as armas apreendidas contam-se duas pistolas de calibre 6,35 mm, uma espingarda de caça, uma carabina, uma espingarda de ar comprimido e uma réplica de arma de defesa, além de cartuchos de caça.

A operação foi realizada por militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial da GNR de Aljustrel e do Posto Territorial de Ferreira do Alentejo, apoiados pelo Destacamento de Intervenção de Beja.