A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional-Alentejo (CCDRA) alerta, através de comunicado, ter sido ultrapassado na tarde desta quinta-feira, "em Monte Velho, concelho de Santiago do Cacém, o valor de concentração de ozono de 240 mg/m3 (microgramas por metro cúbico), definido como limiar de alerta".

Na estação de qualidade do ar de Monte Velho, esta ultrapassagem observou-se às 15 h (hora local), tendo sido atingida nesse período uma concentração média horária de 270 mg/m3", salienta o comunicado a CCDR, a que a TVI24 teve acesso.

As autoridades alertam que, "atendendo à evolução prevista das condições meteorológicas nesta zona, prevê-se que esta situação se mantenha durante as próximas 5 horas", no concelho do litoral alentejano, vizinho do complexo industrial de Sines, no distrito de Setúbal.

Medidas preventivas

Dados os valores de concentração observados, o ozono, um gás fortemente oxidante, "pode provocar alguns danos na saúde humana, especialmente em grupos da população mais sensíveis", refere o comunicado, alertando para o maior perigo que correm "crianças, idosos, asmáticos e/ou alérgicos e indivíduos com outras doenças respiratórias ou cardíacas".

A exposição a este poluente afecta, essencialmente, as mucosas oculares e respiratórias, podendo o seu efeito manifestar-se através de sintomas como tosse, dores de cabeça, dores no peito, falta de ar e irritações oculares", alerta a CCDR.

A Comissão de Coordenação assinala que "durante a permanência desta situação, é recomendável que os grupos mais sensíveis da população anteriormente apontados: 

  • evitem inalar grandes quantidades de ar poluído, especialmente durante o período da tarde
  • reduzam ao mínimo a actividade física intensa no exterior (ao ar livre)
  • evitem outros factores de risco, tais como fumar ou utilizar/contactar com produtos irritantes contendo solventes na sua composição (ex. gasolina, tintas ou vernizes)
  • respeitem rigorosamente os tratamentos médicos em curso
  •  recorram a cuidados médicos, em caso de agravamento de eventuais sintomas"