Um total de 37 pessoas foram detidas na madrugada deste sábado no Algarve, por infracções de trânsito, tráfico de droga e permanência ilegal no país, em operações do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e Polícia de Segurança Pública (PSP), escreve a Lusa.

Segundo nota da PSP de Faro, estiveram envolvidos nas operações 200 polícias, de patrulha, segurança rodoviária, ordem pública, investigação criminal, armas e explosivos, cinotecnia e comunicações.

Nove detidos por condução sob efeito de álcool

A mesma fonte indicou que nove indivíduos foram detidos por condução sob efeito de álcool, sete por conduzir sem carta e um por desobediência.

No total, registaram-se 58 contra-ordenações e oito autos de apreensão de veículos e documentos. Três indivíduos foram detidos por tráfico de droga, cocaína e heroína, e sete por posse de estupefacientes.

SEF, PSP e Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) estiveram envolvidos na madrugada de sexta-feira para hoje em diversas operações nas cidades de Faro, Portimão, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António.

Fiscalização de bares

De acções de fiscalização de bares resultaram 15 multas por «infracções diversas», tendo sido apreendidos uma lata de gás pimenta e uma pistola de alarme.

Segundo comunicado do SEF, foram detidos 17 estrangeiros, nove dos quais em provas de Língua Portuguesa e oito numa operação conjunta de fiscalização com a PSP em Portimão, tendo 13 sido notificados a abandonarem o país voluntariamente.

Um dos ilegais foi notificado por processo de expulsão administrativa, indica o comunicado do SEF.

Da operação, em que foram identificados 81 cidadãos estrangeiros e 72 portugueses, resultaram também a instauração de um processo de contra-ordenação e o cumprimento de dois mandados de captura.