Um bilhete escrito por Albert Einstein em 1921 foi vendido por 6.100 de dólares (4930 euros), num leilão em Jerusalém, segundo a BBC.

Também foi vendida, esta terça-feira, por 103 mil dólares, uma carta de 1928 em que Einstein descrevia ideias sobre a sua teoria da relatividade.

Quanto ao primeiro bilhete, a destinatária era Elisabetta Piccini, uma estudante de química de 22 anos, vizinha da irmã de Einstein, em Florença.

Na carta escrita em alemão, Einstein escreveu: “Para a investigadora científica, de quem aos pés eu dormi e fiquei por dois dias inteiros, como uma lembrança amigável”.

De acordo com a casa de leilões Winner’s, o vencedor do Prémio Nobel queria conhecer Elisabetta, mas esta recusou por timidez.