São milhares os refugiados e migrantes que fogem de guerras e da pobreza, tentando a sua sorte às portas da Europa. Aqueles que aparecem nas notícias, contabilizados em números, e ainda muitos outros que estarão em alto mar, vivos ou mortos, ninguém sabe onde, apenas com a certeza de que estão em condições sub-humanas. Há várias maneiras de ajudar estas pessoas.

Todas elas têm rosto, como Aylan, o menino que morreu afogado e cujo corpo deu à costa numa praia turca. Uma imagem que correu mundo, despertando mais consciências para o problema. 

São várias as instituições humanitárias que distribuem ajuda e serviços essenciais, na Europa e no Médio Oriente. Para os mais céticos em relação ao efeito prático da ajuda, podem primeiro confirmar nestes dois sites se a instituição em causa é sem fins lucrativos, como funciona e para onde canaliza as contribuições:  CharityNavigatorGuideStar.

Ajuda monetária, bens essenciais e, também, voluntários para colaborarem no terreno. Tudo e todos são imprescindíveis. Conheça as organizações de ajuda humanitária em maior detalhe e veja com quais mais se identifica. É só clicar no nome de cada entidade:


Plataforma de apoio aos refugiados

Sob o lema "Vemos, ouvimos e lemos - não podemos ignorar", esta plataforma foi criada por 30 organizações da sociedade civil portuguesa, para apoio aos refugiados, através do acolhimento e integração de crianças refugiadas e suas famílias em Portugal. Também estará na "linha da frente": a partir de 1 de outubro estará em curso uma campanha de angariação de fundos. Siga também o Facebook
 

Médicos Sem Fronteiras

Já resgataram mais de 11 mil pessoas em risco de afogamento no mar Mediterrâneo. A organização presta serviços médicos aos refugiados.


Cruz Vermelha Internacional

Há uma campanha específica de angariação de fundos para a crise dos refugiados. Os donativos podem ser deixados aqui.


ACNUR

O Alto Comissariado da ONU para os refugiados tem como alto comissário o português António Guterres, ex-primeiro-ministro. Esta organização fornece água de boa qualidade, mosquiteiros, tendas, cuidados de saúde e outros serviços aos refugiados. No site, há uma área de "apelo urgente" sobre as famílias sírias, onde podem ser feitos donativos na hora. 


International Rescue Committee

Esta equipa de emergência com sede em Nova York tem um grupo de trabalho na Grécia, na ilha de Lesbos. Todos os anos, reinstala milhares de refugiados em 22 cidades dos EUA.


Save the Children

Aqui o número ganha forla: 5 milhões de crianças estão a precisar de assistência, mais 1 milhão de crianças que procuraram refúgio nos países vizinhos. Os fundos da Save the Children são usados ​​para alimentação, vestuário, cuidados e proteção, incluindo fraldas e kits de higiene.


UNICEF Portugal

É a única organização da ONU que não recebe qualquer financiamento das Nações Unidas. Por isso, depende inteiramente de contribuições voluntárias. Os donativos podem ser feitos aqui, com a perceção clara das finalidades imprescindíveis do dinheiro para crianças gravemente mal nutridas, doentes e com outro tipo de carências. 


Mercy Corps:

Esteve um ano na Grécia a avaliar a situação -  para além do drama financeiro do país, recorde-se que as ilhas gregas são ponto de chegada de muitos migrantes que conseguem atravessar o Mediterrâneo. Atualmente, a Mercy Corps está a angariar fundos para formular um plano de ação. 


World Vision
 

É uma organização humanitária cristã com operações na Síria, Jordânia, Líbano e Iraque. Presta ajuda a refugiados e migrantes fornecendo água potável, apoio em dinheiro para alimentos, kits de higiene, bens domésticos básicos, roupas, espaços acolhedores para ciranças e também ao nível da educação.


Oxfam America

Fornece água potável e saneamento seguro para famílias sírias no Líbano e na Jordânia. 


CARE

Jordânia, Egito, Líbano, Iêmen e Síria são os países onde presta todo o tipo de apoio às pessoas afetadas pelo conflito sírio. No caso da Jordânia, por exemplo, fornece dinheiro para ajudar a pagar os custos de vida básicos. No Líbano, distribui kits essencias para refugiados recém-chegados, como colchões, cobertores, utensílios de cozinha, artigos de bebé e produtos de higiene.


Islamic Relief EUA

É um grupo humanitário islâmico que está pôr em prática campanhas de angariação de fundos para vários projetos, incluindo abrigos de emergência para os refugiados sírios.


Vender produtos no Ebay e ajudar ao mesmo tempo

É um site de compras largamente conhecido e tem uma vertente voluntária, o Missionfish, igualmente com pagamentos seguros através do PayPal. Se quiser doar para os refugiados o dinheiro resultante da venda de um produto seu, ou uma percentagem, é só clicar aqui.


Comprar na Amazon com entrega direta onde é preciso

Produtos alimentares (como conservas), roupa, sapatos, lanternas ou sacos-cama são alguns dos produtos que constam numa lista criada pela Amazon para ajudar os refugiados em Calais, no norte de França, e na Grécia. Ao comprar, estará diretamente a ajudar. Todos os produtos serão entregues em mãos no dia 17 de setembro.