Fonte da TAP confirmou à TVI24 que "houve necessidade de divergir o voo TAP 687, do Luxemburgo para o Porto, por causa de uma emergência médica a bordo".

De acordo com o site Airlive, tratou-se de um episódio de epilepsia de um passageiro, que levou o comandante a optar pela aterragem imprevista, quando estava a 50 minutos do destino.

Sem confirmar a causa médica que levou à aterragem de urgência, fonte da TAP confirmou, contudo, que "o passageiro teve de ser desembarcado".

Situações deste género, segundo fonte da companhia aérea portuguesa, "são residuais, sem relevância estatítistica, mas por vezes acontecem".

Com o atraso, o voo da TAP 687 deverá chegar ao aeroporto Sá Carneiro, no Porto, cerca das 17:00.