agressões e divulgação das imagens



vídeo que mostra duas adolescentes a agredir um rapaz



tornou-se viral na internet

Comissão de Proteção de Crianças e Jovens

“A CPCJ não tinha conhecimento desta situação e só a conheceu depois de divulgado o vídeo. Vamos averiguar o que aconteceu. Recebemos depois da divulgação do vídeo várias participações, mas faríamos uma averiguação mesmo que isso não tivesse acontecido”, disse à agência Lusa a presidente da CPCJ da Figueira da Foz, Sandra Lopes.