Os pais de uma criança de dois anos acusam a ama de ter agredido o filho. A avó diz à TVI que a agressão aconteceu na passada quinta- feira quando a nora foi buscar o menino à ama, em Mem Martins. A família já apresentou queixa na polícia.
 
Para além do que ficou visível no corpo o menino confirmou à mãe que a ama lhe bateu. A família decidiu confrontar a ama mas quem atendeu à porta foi o marido que disse que a ama «apenas deu uma palmada» à criança.
 
A TVI também tentou ouvir a alegada agressora mas a única resposta foi o silêncio.
 
O governo quer legislar estas amas que apenas têm como obrigação estarem registadas nas Finanças. Até agora as únicas profissionais legais em Portugal trabalham para a segurança social ou para as IPSS. Trata-se de uma resposta social do estado às famílias com baixos rendimentos.
 
No ano passado 923 amas estavam a exercer. Para tomarem conta de crianças são obrigadas a fazer um estágio numa creche com orientação de um técnico. Todos os anos são fiscalizadas pela segurança social.

A família quis denunciar o caso para que sirva de alerta a outros pais.