O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para os Açores, no último dia do ano, rajadas de vento que podem atingir os 120 quilómetros por hora e um aumento da agitação marítima.

Um aviso meteorológico, emitido hoje pelas 15:00 (menos uma hora nos Açores) explica que o agravamento do estado do tempo em todo o arquipélago, relativamente ao vento e agitação marítima, se deve “à passagem de um novo sistema frontal”.

Segundo as previsões do IPMA, nas ilhas do grupo ocidental (Flores e Corvo) e central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) são esperadas rajadas da ordem dos 120 quilómetros por hora e 100 quilómetros por hora no grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria).

O grupo oriental vai estar sob aviso amarelo, relativo a rajada máxima de vento, entre as 15:00 e as 22:00 de quinta-feira.

Já no grupo central, entre as 06:00 e as 12:00 de quinta-feira vigora o aviso amarelo, passando a laranja a partir dessa hora e até às 20:00.

Relativamente às duas ilhas do grupo ocidental, o aviso amarelo vai vigorar entre as 03:00 e as 09:00 de quinta-feira e a partir desta hora e até às 20:00 passa a aviso meteorológico laranja.

Quanto à agitação marítima, o IPMA informa que as ilhas do grupo central estarão sob aviso amarelo entre as 12:00 de quinta-feira e as 00:00 de sexta-feira.

As Flores e Corvo vão estar sob aviso amarelo, por causa da agitação marítima, entre as 08:00 e as 12:00 de quinta-feira, passando depois a aviso laranja até às 18:00 de quinta-feira.

O aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de quatro e refere-se a uma situação meteorológica “de risco moderado a elevado”.

Já o aviso meteorológico amarelo é o terceiro mais grave numa escala de quatro e é considerada uma situação de risco para determinadas atividades dependente da situação meteorológica.