A avenida D. Carlos I, na zona da barra do Douro, no Porto, encontra-se cortada ao trânsito, pelo menos até domingo de manhã, devido às previsões de forte agitação marítima, anunciou a Câmara do Porto.

De acordo com informação publicada no portal da autarquia, “por precaução, torna-se necessário interromper a circulação automóvel” naquela avenida da cidade.

“O trânsito será restabelecido logo que as condições do mar o permitam, sendo feita uma reavaliação no início da manhã de domingo”, acrescenta.

A Autoridade Marítima Nacional e a Marinha alertaram na sexta-feira para o agravamento do estado do mar e anunciaram que vão reforçar a vigilância das zonas costeiras, a partir deste fim de semana, para prevenir eventuais situações de risco.

Em comunicado, a Autoridade Marítima Nacional explica que está previsto o agravamento do estado do mar num momento em que as praias registam maior afluência devido às férias da Páscoa, pelo que a vigilância será feita em particular nestas zonas.

A Autoridade Marítima Nacional e a Marinha recomendam à população, em particular na zona norte do continente, a adoção de medidas de precaução devido à previsão de agravamento do estado do mar no fim de semana.

A Proteção Civil da Câmara do Porto destaca que “está previsto um agravamento significativo da agitação marítima, com ondas de noroeste com cinco a seis metros, podendo atingir os dez a 12 metros”.

Recomenda assim à população que “tome as devidas precauções, apelando ao respeito pelos perímetros de segurança que serão estabelecidos para peões junto da orla costeira e acessos aos molhes, mas também aos cortes de trânsito que sejam necessários implementar nestas zonas”.

“A Câmara do Porto, através do Departamento Municipal de Proteção Civil, acompanhará em permanência a atualização destas previsões, implementando as medidas preventivas e de segurança adequadas”, conclui.