Atualizado às 11:53

A Marinha Portuguesa baixou hoje de manhã para quatro o número de barras fechadas à navegação devido a uma ligeira melhoria das condições do mar, mantendo duas condicionadas, informa a instituição na sua página na Internet.

As barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende e São Martinho do Porto mantêm-se fechadas à navegação devido à forte agitação marítima, segundo informação disponível na página da Marinha na Internet, atualizada às 10:34.

Desta forma, a Marinha diminuiu para quatro o número de barras marítimas fechadas, já que o aviso que vigorava anteriormente era de seis barras fechadas devido à forte agitação marítima.

A Marinha informa também que as barras de Vila de Conde e Figueira da Foz estão fechadas a embarcações de comprimento inferior a 11 e 15 metros.

No que diz respeito à barra de Vila do Conde, a Marinha aconselha que as embarcações até 12 metros de comprimento e/ou calado inferior a 2 metros devem praticar a barra no período compreendido entre as três antes e três horas depois da preia-mar.

Para as embarcações com comprimento superior a 2 metros e/ou calado superior a 2 metros apenas podem praticar a barra no período da preia-mar.

A previsão de forte agitação marítima levou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a emitir um aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, para sete distritos do continente quinta e sexta-feira.

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Coimbra e Lisboa vão estar sob aviso amarelo entre as 21:00 de quinta-feira e as 19:00 de sexta-feira devido à previsão de ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros.

O IPMA prevê para hoje nas regiões do norte e centro céu geralmente muito nublado, com abertas no interior, períodos de chuva, em geral fraca, a partir do meio da tarde no Minho e no Douro Litoral, estendendo-se gradualmente às restantes regiões do litoral a norte do cabo Carvoeiro.

Está também previsto vento fraco, tornando-se moderado de sudoeste no litoral e nas terras altas a partir da tarde, neblina ou nevoeiro e pequena subida da temperatura máxima.

Para as regiões sul, a previsão aponta para períodos de céu muito nublado, tornando-se em geral muito nublado, do litoral para o interior, a partir da tarde, vento fraco, soprando moderado de noroeste no litoral oeste e nas terras altas, em especial até ao final da manhã, neblina ou nevoeiro matinal e pequena subida da temperatura máxima.