A chuva, o vento e a agitação marítima vão manter-se em Portugal continental até sexta-feira, dia em que se prevê uma melhoria do estado do tempo, disse à agência Lusa a meteorologista Ângela Lourenço.

«O território do continente vai continuar com chuva. Vai ocorrer essencialmente a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela tanto hoje como amanhã [quinta-feira] mais intensa e por vezes forte e persistente em particular no Minho e Douro litoral», disse à Lusa Ângela Lourenço do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a meteorologista, para esta quarta e quinta-feira prevê-se também vento por vezes forte com rajadas da ordem dos 70 quilómetros/hora no litoral e nas terras altas.

A sul do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, adiantou a meteorologista, «espera-se alguma nebulosidade e precipitação em geral fraca e pouco frequente, mais provável nas regiões do Alto Alentejo e Ribatejo».

A meteorologista do IPMA adiantou também que está previsto a partir desta quarta-feira um aumento da agitação marítima, prevendo-se para a costa ocidental ondas de noroeste com 3,5 a 4,5 metros e na quinta-feira com 4 a 4,5 metros.

«Na sexta-feira prevê-se uma diminuição da precipitação embora no Minho e Douro Litoral poderá ser moderada a forte às primeiras horas do dia, mas gradualmente ao longo da manhã vai diminuindo de intensidade de frequência», disse, acrescentando que nas regiões sul a chuva vai ser fraca.

No que diz respeito às temperaturas, Ângela Lourenço adiantou que as mínimas vão variar entre os 15 e os 18 graus Celsius e a máxima entre os 20 e os 24 graus.

O IPMA colocou esta quarta-feira os distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto sob aviso laranja (entre as 03:00 e as 00:00 de quinta-feira) devido à previsão de períodos de chuva forte e persistente.

Os distritos de Vila Real, Bragança, Aveiro, Viseu, Coimbra, Guarda, Castelo Branco e Leiria estão desde as 03:00 e até às 00:00 de quinta-feira sob aviso amarelo devido à chuva e vento.

O IPMA colocou também sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro devido à agitação marítima, prevendo-se ondas até aos 6,5 metros.

O aviso amarelo para estes distritos vai estar em vigor entre as 18:00 de hoje e as 09:00 de sexta-feira.

Também a costa norte da Madeira vai estar sob aviso amarelo entre as 18:00 de hoje e as 12:00 de sexta-feira devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros.

Sob aviso amarelo estão ainda os grupos Central (S. Jorge, Graciosa, Pico, Faial e Terceira) e Ocidental (Flores e Corvo) devido à previsão de ondas de noroeste de 6 a 7 metros.

O aviso para estes dois grupos açorianos está em vigor desde as 21:00 de quarta-feira e as 23:00 de hoje.

De acordo com o IPMA, o aviso amarelo é emitido quando existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O aviso laranja é emitido é emitido quando o IPMA considera que a situação meteorológica integra um risco moderado a elevado.