Um homem de 52 anos morreu esta segunda-feira afogado na praia das Maçãs, em Sintra, tendo ainda sido socorrido pelos nadadores-salvadores, que o resgataram para terra, onde foi tentada uma reanimação pelo INEM, mas sem êxito, adiantou a Polícia Marítima.

De acordo com o comandante do porto de Cascais, Fonte Domingues, o acidente ocorreu por volta das 16:00 e vitimou um cidadão português, que estava na praia acompanhado de dois amigos.

O comandante Fonte Domingues adiantou que o homem foi ainda socorrido pelos nadadores-salvadores, “que se aperceberam que estaria numa situação complicada” dentro de água, tendo-o resgatado para terra.

Foi ainda tentada a reanimação da vítima pelos Bombeiros Voluntários de Colares e pelo INEM, sem sucesso.

A situação era já irreversível”, disse o comandante do porto de Cascais, adiantando que o óbito foi declarado no local.

De acordo com a edição desta segunda-feira do jornal Público, desde o arranque da época balnear, a 1 de maio, já morreram 12 pessoas nas praias da costa portuguesa, maioritariamente por afogamento, mas, de acordo com dados da Autoridade Marítima Nacional, há também registo de mortes por congestão ou choque térmico, quedas em falésias e incidentes envolvendo pescadores lúdicos.