Dois jovens morreram afogados esta segunda-feira: uma rapariga, menor, morreu em Vila do Conde e um jovem, de 20 anos, morreu em Vila Nova de Gaia. 

A jovem morreu afogada na praia da Azurara, no concelho de Vila do Conde, distrito do Porto, tendo outra rapariga sido socorrida com vida, disseram os bombeiros locais.

De acordo com fonte dos Bombeiros Voluntários de Vila do Conde, o alerta foi dado pelas 16:32, tendo as manobras de reanimação da jovem, que seria menor, sido suspensas já depois das 19:00.

No local estiveram três ambulâncias dos Bombeiros Voluntários de Vila do Conde, uma viatura do comando daquela corporação, para além da Polícia Marítima, do Instituto de Socorros a Náufragos e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital Pedro Hispano, de Matosinhos, para providenciar apoio psicológico.

Já na praia de Crestuma, em Vila Nova de Gaia, um outro afogamento levou à morte de um jovem de 20 anos. 

Segundo o capitão do porto do Douro, António Teixeira Pereira, o jovem havia sido resgatado da água pelo salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) e assistido antes de ser encaminhado para o Hospital de Gaia.

De acordo com fonte oficial do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, o jovem chegou já sem vida às urgências, onde uma equipa o esperava, depois de várias tentativas de reanimação ainda no local.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto, o alerta foi dado pelas 18:20 e acorreram ao local os Bombeiros Sapadores de Gaia, os Bombeiros de Crestuma e o Instituto Nacional de Emergência Médica.