O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, no aeroporto de Lisboa, dois passageiros estrangeiros que eram alvo de mandados de captura internacionais para extradição, um deles na posse de um quilograma de cocaína, divulgou hoje o SEF.

Segundo o SEF, durante o controlo documental realizado nos últimos dias, foi interceptado um cidadão estrangeiro, de 47 anos, proveniente da Cidade da Praia (Cabo Verde), alvo de mandado internacional de captura e detenção, para efeitos de extradição, procurado pelas autoridades francesas pela prática dos crimes de viciação e tráfico de automóveis.

Igualmente interceptada pelo SEF foi uma cidadã estrangeira, de 25 anos, proveniente de São Paulo (Brasil), que também era alvo de mandado internacional de captura e detenção para extradição, procurada pelas autoridades alemãs para cumprimento de uma pena de 11 anos de prisão por tráfico de droga.

«Em revista efetuada à bagagem desta última passageira, que tinha como destino final Madrid, foi detetado cerca de um quilograma de produto estupefaciente (cocaína)», refere o SEF em comunicado, observando que a droga foi transportada no organismo da passageira/correio de droga.

Após diligências a cargo da Polícia Judiciária, a detida será hoje interrogada em tribunal criminal pela posse de droga e, posteriormente, será inquirida pelo Tribunal da Relação de Lisboa para efeitos de extradição.

Entretanto, um outro cidadão estrangeiro, de 20 anos, proveniente de um voo de São Paulo (Brasil) e tendo como destino final Bruxelas, foi também intercetado pelo SEF durante o controlo documental, tendo, em articulação com a Autoridade Tributária e Aduaneira, sido detetado na posse deste 88 bolotas de cocaína.

Este último caso, que não envolve pedido de captura e extradição, será remetido para os tribunais criminais portugueses.