Nove aviões divergiram esta segunda-feira do aeroporto da Madeira para outros aeroportos devido aos ventos fortes que se fazem sentir em Santa Cruz, revelou uma fonte aeroportuária.

Sete destes voos charters foram para Porto Santo, um para Canárias e outro para Tenerife. Os voos afetados eram provenientes do Reino Unido, Dinamarca e Finlândia.

Segundo a estação meteorológica no aeroporto da Madeira, as atuais condições atmosféricas devem manter-se até à manhã de terça-feira, sendo a velocidade média do vento de 50 quilómetros/horários, com o registou de rajadas de 80 quilómetros/horários.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o arquipélago da Madeira está sob aviso amarelo para vento e agitação marítima.

O navio Lobo Marinho não realizou hoje a sua ligação entre a Madeira e Porto Santo, devido à forte ondulação.