A PSP anunciou este sábado a detenção de dois taxistas, que transportavam turistas do aeroporto de Lisboa, por especulação nos preços, ascendendo a 46 o número de detidos por este crime na capital desde o começo do ano.

Um dos detidos, um homem de 30 anos, foi apanhado em flagrante delito na sexta-feira de manhã, ao passo que o outro, um homem de 40 anos, foi detido na quarta-feira, revela a PSP.

Os homens transportavam turistas do aeroporto de Lisboa para hotéis na capital e, por serviços de 8,05 euros e 10,30 euros, exigiram aos clientes 15 e 25 euros, respetivamente, «preços muito superiores aos constantes nas tabelas de preços em vigor», sublinha a PSP.

Os detidos foram notificados para comparecerem nos Juízos de Pequena Instância Criminal de Lisboa, para julgamento em processo sumário.

A PSP diz que tem realizado um «esforço constante no combate ao crime de especulação praticado por alguns motoristas de táxis», realçando o «prejuízo que esta prática representa para a economia nacional e para a imagem dos turistas» que visitam Portugal e que são alvo deste crime.

«No corrente ano, a PSP de Lisboa já deteve 46 motoristas pela prática deste crime, cujas vítimas são preferencialmente os turistas que chegam a Portugal por via aérea», assinala a polícia.