Um homem que hoje ficou ferido na sequência de um acidente de trabalho numa adega de uma quinta do Douro, acabou por morrer no hospital de Vila Real, disse fonte dos bombeiros.

O comandante dos bombeiros da Régua, António Fonseca, disse à agência Lusa que o acidente aconteceu cerca das 12:30 quando o homem, de 45 anos, trabalhava na adega de uma quinta localizada em Godim, no concelho de Peso da Régua.

O responsável explicou que a vítima ficou ferida quando estava a tentar elevar com um macaco hidráulico um balseiro de vinho, com capacidade para cerca de 60 mil litros, só que este terá cedido e a estrutura acabou por o atingir na cabeça.

António Fonseca disse que a vítima foi transportada para a unidade de Vila Real, do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) com «prognóstico reservado», tendo acabado por falecer já no hospital.

O homem residia no Peso da Régua.

No local estiveram sete bombeiros da Régua, com duas viaturas, que contaram com o apoio das equipas da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Vila Real e da ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Lamego.

A GNR tomou conta da ocorrência.