A nebulosidade que está a condicionar as ligações aéreas nos Açores originou o cancelamento do voo da SATA Internacional desta noite entre Lisboa e Ponta Delgada e o regresso à capital portuguesa, disse fonte da companhia.

 

Devido ao «mau tempo» e ao facto de «não estar operacional» no aeroporto de Ponta Delgada, em São Miguel, nos Açores, «o equipamento ILS» (Instrument Landing System), «imprescindível para auxiliar» o piloto em condições meteorológicas adversas, «o voo Lisboa/Ponta Delgada teve de ser cancelado» e a ligação de regresso (Ponta Delgada/Lisboa) também, segundo a mesma fonte.

 

A nebulosidade impediu, durante esta terça-feira, várias ligações asseguradas pela SATA Air Açores (entre ilhas do arquipélago), que já cancelou voos para as ilhas Graciosa, São Jorge e Faial.

 

Durante a tarde foram canceladas as ligações Terceira/São Jorge, Terceira/Horta e Terceira/Graciosa, segundo informou à Lusa a companhia aérea açoriana.

 

A meteorologista Vanda Costa, do Instituto de Meteorologia, em Ponta Delgada, adiantou esta manhã à Lusa que «a visibilidade está reduzida em alguns aeroportos» das ilhas devido «a muita nebulosidade e humidades muito elevadas que estão associadas a um sistema frontal que afeta todo o arquipélago».

 

No grupo Ocidental (Flores e Corvo) as previsões apontam para uma melhoria do tempo só a partir da tarde de quarta-feira, enquanto nos grupos Central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) o tempo deverá melhorar a partir de quinta-feira, o mesmo sucedendo em São Miguel e Santa Maria (grupo Oriental).