O mau tempo está a impedir esta quinta-feira a aterragem de aviões no aeroporto de Ponta Delgada, havendo voos cancelados e outros que divergiram para a ilha Terceira ou regressaram a Lisboa, disse à Lusa fonte da ANA-Aeroportos.

Segundo os serviços de informação da ANA no aeroporto de Ponta Delgada, nos Açores, esta quinta-feira ainda não aterraram voos na ilha de São Miguel, embora tenham saído alguns, das companhias que têm base instalada em Ponta Delgada.

Assim, segundo a mesma fonte, um voo da SATA Internacional oriundo de Toronto, Canadá, e outro da Ryanair, vindo de Lisboa, divergiram para a ilha Terceira, enquanto um avião da easyJet regressou a Lisboa.

A impossibilidade de os aviões aterrarem provocou também voos cancelados, que deveriam ser feitos pelas mesmas aeronaves.

Por outro lado, fonte da SATA, a transportadora aérea dos Açores, que assegura as ligações entre as nove ilhas do arquipélago, além de fazer voos para fora da região, acrescentou que também a operação no aeroporto da Horta, Faial, está condicionada, estando a ser feita através da vizinha ilha do Pico.

Sete ilhas dos Açores (grupos oriental e central) estão sob aviso amarelo da meteorologia por causa da chuva até à meia-noite de sexta-feira.