Um incêndio de "grandes proporções" destruiu na madrugada desta segunda-feira uma grande superfície no concelho de São Roque, na ilha do Pico, Açores, sem provocar vítimas, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.

Fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) indicou que a grande superfície "está completamente destruída" e que "os trabalhos só foram dados por concluídos cerca das 06:00 locais" (mais uma hora em Lisboa), "envolvendo 34 bombeiros das corporações de São Roque e Madalena do Pico, apoiados por 13 viaturas".

As causas do incêndio, que terá deflagrado cerca das 21:15 de domingo são "para já desconhecidas", mas, segundo os Bombeiros de São Roque do Pico, "a PSP encontra-se no local a fazer investigações".

O presidente da Câmara Municipal de São Roque do Pico, Mark Anthony Silveira, disse à agência Lusa que "não há memória de um incêndio daquela dimensão" na ilha, afirmando que "a destruição do único hipermercado" terá "um grande impacto na economia local", numa altura de maior consumo, como é a época do Natal.

“A grande superfície era um grande abastecedor de turistas. É uma notícia muito triste. É um prejuízo duplo, tanto para o seu proprietário, um empresário local, como para a população”, lamentou o autarca, indicando que o espaço foi inaugurado há cerca de cinco anos e tinha cerca de 12 funcionários.

Ainda de acordo com o presidente da Câmara Municipal de São Roque, "o incêndio terá começado na zona nascente" do edifício, acrescentando que "na altura, o alarme da superfície comercial disparou e os vizinhos contactaram os proprietários".