A Polícia Judiciária (PJ) deteve um jovem de 18 anos que alegadamente terá abusado sexualmente de uma menina de 12 após lhe ter dado pólen de haxixe em Ponta Delgada, Açores, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada da PJ informa que no cumprimento de um mandado detenção deteve o jovem, suspeito da “prática dos crimes de abuso sexual de criança e tráfico de estupefacientes agravado”.

Os abusos, de que foi vítima uma menina de 12 anos de idade, ocorreram no concelho de Ponta Delgada, no passado mês de junho, em casa do suspeito, depois de lhe ter disponibilizado produto estupefaciente que ela consumiu, aproveitando-se dos efeitos psicológicos provocados para a molestar sexualmente”, adianta o comunicado.

A PJ acrescenta que no âmbito de uma busca foi detido também um homem de 32 anos, familiar do jovem, “tendo sido apreendido pólen de haxixe em quantidade suficiente para mais de 230 doses diárias, fármacos destinados a serem traficados, munições de armas de fogo, dinheiro e outros objetos com interesse probatório”.

Os arguidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial para a eventual aplicação de outras medidas de coação.

Fonte da PJ disse à Lusa que os dois detidos, sem ocupação profissional, não estavam referenciados pelas autoridades.