A GNR registou 401 acidentes sem vítimas mortais durante os dois dias da operação «Hermes - Viajar em Segurança», que terminou na quinta-feira à meia-noite.

Numa nota, a Guarda Nacional Republicana avança que durante o período da terceira fase da operação registaram-se 401 acidentes, menos 34 do que em igual período de 2012, 12 feridos graves (menos um) e 128 feridos ligeiros (mais cinco).

A GNR destaca que não se registou qualquer vítima mortal durante a terceira fase da operação.

Mais de 2.800 militares da GNR patrulharam as estradas portuguesas na quarta e quinta-feira, com o objetivo de regular o tráfego rodoviário e apoiar os portugueses que se deslocam para férias.

Segundo a GNR, os militares da Guarda realizaram 1.397 ações que visaram a diminuição dos números da sinistralidade nas estradas portuguesas.

Fonte da corporação disse à agência Lusa que em dois dias foram fiscalizados 12.725 condutores, tendo sido levantadas 4.037 contraordenações, das quais 250 muitos graves e 1.541 graves.

A operação «Hermes - Viajar em Segurança», que se realiza entre 28 de junho e 01 de setembro em cinco fases, compreende ainda mais duas fases, que vão decorrer a 14 e 15 de agosto e de 30 de agosto a 01 de setembro, relata a Lusa.