A GNR registou, entre sexta-feira e as 17:00 de hoje, 802 acidentes, três mortos e 15 feridos graves, no âmbito da operação “Carnaval 2016”, segundo aquela força de segurança.

O oficial de operações no comando-geral da GNR adiantou à agência Lusa que os 802 acidentes provocaram ainda 249 feridos ligeiros.

Em comparação com o mesmo período da operação “Carnaval 2015", a GNR registou menos 180 acidentes, o mesmo número de mortos, mais quatro feridos graves e menos 22 feridos ligeiros.

A GNR está a realizar, desde as 00:00 de sexta-feira, a operação “Carnaval 2016”, tendo reforçado o patrulhamento e a fiscalização rodoviária nas vias mais críticas, especialmente nas estradas que convergem aos locais onde tradicionalmente ocorrem festividades carnavalescas.

Durante a operação, que termina às 24:00 de hoje, a GNR realiza ações de fiscalização com o objetivo de prevenir a sinistralidade rodoviária, estando os militares especialmente atentos aos excessos de velocidade, condução sob influência de álcool e de substâncias psicotrópicas, além da não-utilização do cinto de segurança, uso do telemóvel durante a condução e falta de carta de condução.