Um morto e três feridos graves, entre os quais duas crianças, foi o resultado do despiste de um veículo ligeiro de passageiros, ocorrido esta quarta-feira no Itinerário Principal (IP) 2, no concelho de Nisa (Portalegre), informaram os bombeiros.

Um dos três feridos graves foi entretanto transferido de helicóptero para o Hospital Pediátrico de Coimbra, disse à agência Lusa fonte hospitalar.

Trata-se de uma rapariga que os bombeiros inicialmente disseram ter 13 anos, mas que, segundo a fonte do Hospital de Portalegre, tem 17. A adolescente tem um traumatismo abdominal.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre referiu à agência Lusa que o acidente ocorreu ao quilómetro 192 do IP2, entre Alpalhão, no concelho de Nisa, e Gáfete, no concelho do Crato, sendo a vítima mortal um homem (condutor da viatura) de 50 anos.

A mesma fonte referiu que o alerta para o acidente foi recebido às 12:05 e que os feridos graves são uma criança e uma jovem, de 11 e 17 anos, e uma mulher, na casa dos 44 anos, os quais foram transportados pelos bombeiros para o hospital de Portalegre.

Contactado pela Lusa, o responsável pelo gabinete de comunicação da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), Ilídio Pinto Cardoso, disse que os três feridos “estão em observação” e que o seu estado de saúde “inspira muitos cuidados”.

O mesmo responsável acrescentou ainda que o óbito do condutor da viatura foi declarado no local do acidente.

De acordo com o CDOS de Portalegre, as operações de socorro obrigaram ao corte de uma das faixas de rodagem durante cerca de duas horas e meia.

Nas operações de socorro estiveram envolvidos 35 bombeiros das corporações de Portalegre, Nisa e Crato, auxiliados por 13 viaturas, além de um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).