Os dois portugueses que morreram no sábado, num acidente que envolveu duas viaturas, em Agoncillo, na comunidade autónoma de La Rioja, no norte de Espanha, eram naturais de Sabugal, no distrito da Guarda, anunciou este domingo a GNR.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que a Guardia Civil de Espanha informou que o homem de 48 anos é natural da cidade do Sabugal e o de 56 anos da aldeia de Rebolosa, no mesmo concelho.

Os homens «residiam há já algum tempo em Agoncillo», disse a fonte, adiantando que eram ambos vendedores ambulantes.

De acordo com o jornal online «La Rioja», os dois homens deslocavam-se num automóvel de matrícula espanhola.

O acidente, ocorrido ao km 396 da N-232 pelas 18:00 locais (17:00 em Lisboa), envolveu duas viaturas e provocou também dois feridos graves, que segundo a Guardia Civil de Agoncillo são de nacionalidade espanhola.

Os dois feridos graves foram transportados para o hospital San Pedro de Logroño.