Um homem de 55 anos morreu esta quinta-feira vítima de acidente de trabalho, após ter sido atingido por um tapete rolante, em instalações da Cooperativa Agrícola de Serpa, distrito de Beja, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Serpa, José Cataluna, o alerta para o acidente foi dado às 08:05 e o homem ainda foi transportado, ferido em estado grave, para o hospital da cidade, onde acabou por morrer.

O acidente ocorreu quando o homem, trabalhador de uma empresa de transportes de Serpa, estava a manusear um tapete rolante para carregar um camião de sementes, nos antigos silos da EPAC, que, atualmente, pertencem à Cooperativa Agrícola de Serpa, contou.

Durante o manuseamento, deslocou-se dos carris um dos suportes do tapete rolante, que acabou por cair em cima do homem, atingindo-o na cabeça e nos membros superiores, explicou José Cataluna.

As operações de socorro envolveram viaturas e operacionais dos bombeiros de Serpa e da GNR e a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Moura.

Contactado pela Lusa, o diretor da Unidade Local do Litoral e Baixo Alentejo da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), Carlos Graça, confirmou tratar-se de um acidente de trabalho com uma vítima mortal e disse que a instituição abriu um inquérito para averiguar as circunstâncias em que ocorreu.

Por se tratar de um acidente de trabalho, uma equipa de inspetores da ACT deslocou-se ao local para recolher elementos para desenvolver as averiguações necessárias e elaborar o inquérito, explicou Carlos Graça.