O despiste de um automóvel, ocorrido esta sexta-feira na autoestrada do Sul (A2), provocou dois feridos e filas de trânsito que chegaram a atingir os 30 quilómetros, no sentido norte-sul, disse à agência Lusa fonte da GNR.

De acordo com a mesma fonte, o acidente, registado cerca das 12.50, ao quilómetro 59 da A2, na zona da Marateca, na área do concelho de Vendas Novas, distrito de Évora, "obrigou" ao corte total do trânsito no sentido norte-sul.

As filas de trânsito no sentido Lisboa-Algarve chegaram a estender-se ao longo de 30 quilómetros, da Marateca até Palmela, tendo depois sido reaberta uma das vias, referiu a fonte.

Cerca das 15:00, segundo a GNR, ainda se mantinham filas de trânsito, por a circulação continuar limitada a uma das vias no sentido norte-sul, até à remoção da viatura sinistrada.

Segundo a fonte do Comando Territorial de Setúbal da GNR, o despiste do automóvel, seguido de capotamento, causou um ferido grave e outro ligeiro.

Ambas as vítimas foram transportadas para as urgências do hospital de Setúbal.

As operações de socorro mobilizaram os bombeiros de Águas de Moura, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), GNR e Brisa.

A1 com dificuldades na zona de Fátima

Dia feriado, mas com complicações nas estradas. O trânsito na A1, no sentido norte-sul, entre Leiria e Fátima, voltou a fluir por volta das 14:00, informou fonte da GNR de Leiria, alertando para a possibilidade de um novo engarrafamento às 17:00.

O trânsito na autoestrada A1, entre Leiria e Fátima, esteve condicionado entre as 09:30 e as 14:00, chegando a registar-se uma fila de 15 quilómetros, devido à forte afluência de automobilistas que pretendiam ir para o santuário da Cova da Iria.

O trânsito flui agora "com normalidade", sendo que é possível que, "por volta das 17:00, volte a haver um engarrafamento, à partida, no sentido sul-norte", disse à agência Lusa fonte da GNR.

A GNR está "a diligenciar para que o trânsito flua" aquando da saída dos automobilistas de Fátima, sublinhou. Esta sexta-feira decorre no santuário a peregrinação das crianças.