O segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Ourém, Carlos Cravo, adiantou à Agência Lusa que o despiste teve origem, “aparentemente, num cão que andava a circular no IC9”.

“Para se desviar do animal, a viatura embateu num ‘rail’ e despistou-se, ficando tombada lateralmente”, precisou.