Um choque frontal entre duas viaturas ligeiras ocorrido hoje em Deão, Viana do Castelo, provocou cinco feridos, dois dos quais em estado grave, indicaram à Lusa fontes da GNR e dos bombeiros.

O choque deu-se cerca das 19:40, na Estrada Nacional 203, e um dos feridos, considerado em estado «crítico» pelos bombeiros, foi transportado diretamente para o hospital de Braga.

Um outro ferido em estado grave foi estabilizado no local e levado pelos bombeiros para o hospital de Viana do Castelo.

Os cinco feridos, três considerados ligeiros, tiveram de ser desencarcerados pelos bombeiros.

Toda a operação no local mobilizou meios das corporações de voluntários e municipais de Viana do Castelo, num total de 22 elementos.

Estas operações envolveram também meios das delegações da Cruz Vermelha Portuguesa da cidade de Viana do Castelo e de Neiva.

O INEM deslocou para o local as Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER) dos hospitais de Viana do Castelo e de Barcelos, além de outras duas ambulâncias de suporte médico.

Fonte da GNR contactada pela Lusa indicou que dada a gravidade do acidente já foram chamados ao local elementos do Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV) daquela força, para investigar as causas deste choque frontal.

A circulação automóvel no local, devido às operações de socorro, esteve interrompida durante cerca de uma hora.