A mulher que ficou ferida com gravidade no acidente rodoviário de sexta-feira em Campo Maior, envolvendo dois cavalos, morreu nesta quarta-feira, subindo para dois o número de vítimas mortais do desastre, disse fonte da GNR.

A segunda vítima, de 47 anos, morreu no Hospital de São José, em Lisboa, para onde tinha sido transportada num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Na sequência do acidente, ocorrido na madrugada de sexta-feira na estrada entre Elvas e Campo Maior, no distrito de Portalegre, tinha sido declarado no local o óbito de um jovem de 27 anos, filho da mulher que morreu hoje.

No desastre, ficaram feridas mais três pessoas, entre as quais o pai do jovem e marido da mulher que morreu hoje, também de 47 anos.

O acidente ocorreu quando o automóvel, em que seguiam cinco pessoas, colidiu com dois cavalos que se encontravam na estrada

Residentes na cidade de Elvas, as vítimas, incluindo o casal, o filho e dois amigos, deslocavam-se para o trabalho, numa fábrica na vila vizinha de Campo Maior.

Segundo a GNR, o veículo ligeiro de passageiros era conduzido pelo jovem de 27 anos, cujo óbito foi declarado no local.

O acidente ocorreu na Estrada Nacional 373, tendo o alerta sido dado por volta das 05:00 e os dois cavalos envolvidos morreram.

No mesmo dia, a GNR identificou o dono dos dois cavalos envolvidos no acidente, que reside em Campo Maior.