O primeiro-ministro, António Costa, e o Governo expressaram condolências às famílias das vítimas portuguesas do acidente rodoviário ocorrido na noite de quinta-feira em França, através de uma nota divulgada na página oficial do Governo na Internet.

Na sequência da notícia deste acidente, hoje de manhã, o primeiro-ministro colocou a seguinte mensagem na conta oficial do Governo na rede social Twitter: "Em meu nome e do Governo português expresso as mais sentidas condolências às famílias dos portugueses falecidos no acidente em França".

 

 

Na página do Governo, foi divulgada também uma nota onde se lê que "o primeiro-ministro, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas e o Governo exprimiram as suas condolências às famílias de doze portugueses falecidos num acidente de automóvel em França".

A mesma nota refere que "António Costa expressou, em seu nome pessoal e em nome do Governo, as mais sentidas condolências às famílias dos portugueses falecidos no acidente" e que "também o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, transmitiu 'uma mensagem de condolências às famílias que veem perecer doze familiares num momento tão especial da nossa vida coletiva, que é a Páscoa'".

 

Governo francês lamenta as mortes dos portugueses

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls já reagiu publicamente ao acidente, transmitindo os sentimentos às famílias pela situação "medonha". 

 

 

O ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve, e o secretário de Estado dos Transportes francês emitiram um comunicado onde expressam as condolências às famílias. 

"Os ministros endereçam às famílias as suas condolências e todo o seu apoio neste terrível acontecimento".