O presidente da delegação dos Açores da Associação Nacional de Freguesias (Anafre) revela que houve um «aumento muito grande» de pedidos de ajuda social às juntas na região.

«Em média, segundo informação dos presidentes de juntas dos Açores, os contactos que tínhamos eram de atender uma família por semana e, neste momento, é de uma por dia», disse à Lusa António Alves.



O responsável pela delegação regional da Anafre, que representa 113 das 157 juntas de freguesias açorianas, explicou que têm surgido «situações novas» e «preocupantes», sobretudo relacionadas com o desemprego.



«Já nos aparecem mais pessoas com grandes dificuldades, principalmente na questão do emprego e do apoio aos filhos, com dificuldades em manterem os seus bens e mesmo novas situações que nos surgem através das escolas, dos professores», adiantou.

Para aprofundar esta e outras problemáticas, António Alves anunciou que a delegação regional da associação vai entregar «nos próximos dias» no parlamento açoriano uma proposta para uma «maior representatividade» da Anafre nos conselhos de ilha.

O parlamento açoriano está a apreciar iniciativas que visam alargar a composição dos conselhos de ilha a entidades ligadas às pescas, ambiente, cultura e emprego. Atualmente, têm assento nos conselhos de ilha, órgãos consultivos de cada uma das nove ilhas açorianas, os presidentes de câmara, deputados das assembleias municipais e do parlamento regional, representantes das associações agrícolas e empresariais e os sindicatos.