Um homem de 37 anos foi detido por fortes indícios da prática de crimes de abuso sexual de crianças e pornografia de menores e ficou em prisão preventiva.

Segundo a Polícia Judiciária, “o detido é padrasto da vítima, uma menor atualmente com 15 anos, e terá começado a abusar da enteada quando a mesma tinha 9 anos”.

O suspeito fotografava e filmava os atos sexuais mantidos com a vítima.

Os abusos foram aumentando de gravidade ao longo do tempo.