A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve um homem de 82 anos por suspeita de abusos sexuais a uma menina de 12 anos, actos cometidos desde 2014, informou hoje aquela força policial.

Segundo o comunicado enviado à imprensa, o suspeito “aproveitou a circunstância de ser vizinho da vítima para conseguir estabelecer afinidade com ela e assim obter a sua confiança”.

O reformado, que vive sozinho, aliciava a menor com recurso a “contrapartidas várias”, nomeadamente comida e dinheiro, lê-se na nota informativa.

Os supostos abusos terão acontecido na casa do suspeito, onde a criança se deslocava quanto os pais estavam a trabalhar, acrescenta.

As autoridades judiciárias já estipularam as medidas de coação, estando o homem obrigado a apresentações bissemanais num posto policial, proibido de se aproximar ou estabelecer contacto com a vítima e com a família desta e de permanecer em locais frequentados por menores.