Um homem de 62 anos foi detido pela Polícia Judiciária na zona de Tondela, distrito de Viseu, suspeito da prática de vários crimes de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência de que foi vítima a filha, de 35 anos.

Em comunicado, a Diretoria do Centro da PJ, sediada em Coimbra, adianta que o arguido «aproveitou-se da incapacidade da vítima para opor resistência, por padecer de doença de foro mental, para praticar os abusos, de forma reiterada».

À agência Lusa, fonte da PJ explicou que o homem, casado, foi detido na segunda-feira após a denúncia de um familiar.

«O processo tem uma semana», referiu a mesma fonte, esclarecendo que os alegados abusos remontam «a inícios de 2014».

Presente a um juiz de instrução criminal, este determinou que o arguido aguardasse o desenvolvimento do inquérito em liberdade, condicionada à obrigação de sair da casa que partilhava com a filha, proibição de contactos com a vítima e apresentações bissemanais junto das autoridades policiais.