A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve uma mulher suspeita de ter abusado sexualmente da sua filha de oito anos, juntamente com o seu companheiro e mais dois homens.

Em declarações à Lusa, fonte da PJ disse que os outros dois arguidos são um tio-avô da vítima e um amigo da família.

Os quatro arguidos, residentes em Albergaria-a-Velha, estão "fortemente" indiciados da prática de um crime de abuso sexual de crianças.

Segundo a PJ, os indícios colhidos até ao momento apontam no sentido de os abusos sexuais terem perdurado regularmente desde o início de 2014.

Os detidos, com idades compreendidas entre 34 e os 56 anos, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.