A Polícia Judiciária (PJ) informou esta terça-feira que deteve no Porto um comerciante de 44 anos suspeito de divulgar e partilhar na Internet fotografias e filmes pornográficos com crianças.

O homem foi detido «pela posse de ficheiros com imagens de cariz pornográfico com crianças», lê-se no comunicado de imprensa que a PJ enviou para a comunicação social.

Segundo aquela polícia, o detido andava desde o ano de 2013 a visualizar e descarregar de sítios da Internet fotografias e filmes de cariz pornográfico e depois «partilhava com outros cibernautas».

Após uma análise ao equipamento informático, a PJ adianta que foram contabilizadas «centenas de ficheiros» com imagens de pornografia de menores de idade, «muitas das quais contendo abusos sexuais de crianças».

Esta é a quarta detenção que a Judiciária fez nos últimos cinco dias relacionadas com homens suspeitos da autoria de crimes de abuso sexual e de pornografia infantil.

Na sexta-feira passada, a PJ informava que deteve um homem de 51 anos por suspeita de violação de crianças e um outro indivíduo de 40 anos que fingia ser rapariga no Facebook para conhecer menores de idade.

Na segunda-feira, um homem de 63 anos suspeito da autoria de crimes de abuso sexual de crianças e de pornografia infantil ocorridos em Vila Nova de Gaia também foi detido.