Um homem de 34 anos sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau na sequência da explosão do motor do veículo ligeiro em que seguia, junto ao nó de Lanheses da A27, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

De acordo com a mesma fonte, o acidente ocorreu cerca das 16:35, no sentido Viana do Castel/Ponte de Lima daquela via rápida.

O homem natural das Marinhas, Esposende, foi transportado para o hospital de Viana do Castelo, mas, segundo a mesma fonte, acabaria por ser transferido, face às queimaduras que sofreu no «rosto e membros superiores».

Contactada pela Lusa, fonte a Brigada de Trânsito da GNR explicou que o condutor «ouviu um barulho no motor, parou para ver do que se tratava e quando abriu o capô do automóvel deu-se uma explosão».

«O carro foi totalmente consumido pelo fogo», adiantou a mesma fonte.

No local compareceram os bombeiros municipais e voluntários de Viana do Castelo com duas viaturas de combate a incêndios.

Além das chamas que destruíram por completo a viatura, os bombeiros tiveram também que combater o fogo que se propagou a uma zona de mato nas proximidades.