A autoestrada A14 que liga a Figueira da Foz a Coimbra vai reabrir ao trânsito, de forma condicionada, na manhã de quarta-feira, disse fonte da concessionária Brisa.

A via está cortada ao trânsito desde o dia 02 de abril, entre os nós de Vila Verde e Santa Eulália, no concelho da Figueira da Foz, devido ao colapso de uma passagem hidráulica na zona de Maiorca, que levou ao aluimento do piso da autoestrada.

Fonte da concessionária Brisa disse à agência Lusa que a autoestrada irá reabrir "de forma parcial", possibilitando o trânsito nos dois sentidos, mas apenas por uma faixa de rodagem - em circulação alternada com recurso a semáforos - na zona onde está instalada a ponte militar que faz a ligação da A14 com a EN 111.

A opção pela circulação numa única faixa de rodagem junto ao nó de Santa Eulália fica a dever-se à necessidade de desmontar a ponte militar instalada no local após o acidente, trabalhos que, de acordo com a concessionária da autoestrada, começam igualmente na quarta-feira.

Em comunicado, a Brisa adianta que "continua a trabalhar para garantir a reabertura [total] da A14 no prazo estipulado inicialmente", que era de seis a sete semanas e que se cumpre no domingo.