A PSP vai efetuar ações de fiscalização, a nível nacional, em agosto, visando locais e eventos onde seja utilizada pirotecnia, designadamente em festas e espetáculos relacionados com as celebrações municipais de santos padroeiros.

Em comunicado, a PSP assume como relevante a atuação policial nesta matéria perante o elevando número de sinistros na área da pirotecnia, com o registo de 29 acidentes e 15 vítimas mortais entre 2015 e 2017, havendo já duas vítimas mortais este ano.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) vem assumindo com grande dedicação, rigor e empenho uma forte aposta na prevenção através da execução de operações policiais especificamente dirigidas a determinadas áreas de intervenção, nomeadamente em matéria de controlo de substâncias explosivas", refere a PSP.

A PSP justifica ainda a iniciativa de fiscalização por forma a "incrementar o sentimento de segurança e alertar para os perigos na utilização incorreta deste tipo de artigos".

Esta força de segurança recomenda que sejam cumpridas todas as normas legais previstas na utilização de artigos de pirotecnia e fogo de artifício, mais concretamente respeitar as distâncias de segurança dos locais de lançamento, as suas instruções de funcionamento, bem como não tocar em artigos não deflagrados.